A Portugal Ventures, o organismo público de capital de risco, anunciou que decidiu investir em mais uma start-up: a Top Docs. Este financiamento é feito em parceira com a 2bpartner.

A Portugal Ventures, o organismo público de capital de risco, seleccionou uma nova start-up onde investir: a Top Docs. De acordo com o comunicado enviado às redacções, este financiamento é realizado em regime de co-investimento com a 2bpartner.

Esta start-up “é uma ferramenta de colaboração para documentos profissionais e complexos, que permite aos utilizadores de plataformas diferentes como Dropbox ou GoogleDrive colaborem em documentos Microsoft Office, Open Office ou Google Docs”.

Numa declaração presente no comunicado, o co-fundador desta empresa, Nelson Pereira, refere que “actualmente, as maiores plataformas de colaboração e produtividade para documentos e armazenamento na nuvem estão a criar ecossistemas fechados e que não comunicam entre si”.

“Para nós, isso não faz sentido, pois vivemos num mundo dinâmico e ligado, sempre “online”. Os utilizadores têm os seus documentos espalhados por diferentes plataformas e usam diferentes formatos. Desta forma, em vez de criarmos mais um ecossistema fechado, estamos a ligar os existentes, simplificando a vida dos utilizadores”, aponta Nelson Pereira.

 

Fonte Jornal de Negócios